Região

Tempo severo na região Sul e Litoral

Ouça a matéria

O dia começou com temporais entre o norte gaúcho, sudoeste, sul e pontos do leste do Paraná. Há registros de rajadas de vento de mais de 80km/h nos três estados da Região Sul, além de muitos raios e potencial para mais queda de granizo, que já foi bem presente na segunda-feira (13) sobre o Rio Grande do Sul e em parte de Santa Catarina. Tudo isso se deve a uma frente fria que se formou no sul do país associada a um ciclone extratropical. Os últimos dias foram de calor no Paraná

Chuva e granizo
Na segunda-feira houve registro de granizo em Porto Alegre no início do dia, em Arroio do Tigre (RS) pela manhã, em Alegrete (RS) à tarde, e no final da tarde em São Borja (RS), Soledade (RS) e Araricá (RS), além de Santo Ângelo (RS) à noite. Em Santa Catarina, houve registro de granizo em Jacinto Machado, no Litoral Sul, à tarde.

Pela manhã, a concentração de raios foi elevada nos Campos Gerais e em parte do norte do estado. Em Francisco Beltrão e Pato Branco a chuva acumulada desta terça-feira já ultrapassou os 60 mm, de acordo com o Simepar.

Desde a madrugada houve registro de chuvas, especialmente no oeste, sudoeste e o sul do Paraná, por causa da presença de um sistema frontal no Sul do Brasil. Além de chuvas, há registro de muitos raios (descargas atmosféricas). No início da manhã as rajadas de vento foram mais fortes em Clevelândia (86,0 km/h) e em Laranjeiras do Sul (68,0 km/h).

Neste fim de tarde, em Londrina-Pr, a cidade ficou sem energia e muitos estragos ocorram na cidade como quedas de árvores e destelhamento.

ATENÇÃO …

para instabilidade climática nos estados da região Sul para os próximos dias. Há possibilidade para fortes tempestades nos estados do Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina.

É uma nova frente fria que toma conta da região Sul do país, não será tão forte quanto aquelas que passaram pela região em julho. E nesta semana teremos além da atuação dessa nova frente fria, muita chuva, chuva forte em várias cidades.

A circulação de ventos, e ventos marítimos ajudam a deixar o tempo instável, no RS, Sc e PR. Um sistema de baixa pressão começa a se formar e tende a se intensificar no decorrer do dia.

Nesta quarta-feira,

Na quarta-feira, 15 de setembro, os ventos se intensificam também no Rio De Janeiro e a previsão é de rajadas de 60 a 80km/h.

Silvana Baitala Buhrer

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do autor. A Rádio Litorânea tem o compromisso de levar a informação através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo