Educação

Sem desistir da Educação, Guaratuba não mede esforços para oferecer ensino remoto de excelência

Ouça a matéria

“Pandemia não é férias” é o recado que a Secretaria Municipal de Educação deixa para a população de Guaratuba na manhã desta quinta-feira (1º), ao anunciar medidas específicas para o retorno das aulas em modalidade remota. Em entrevista à Rádio Litorânea, a secretária municipal de Educação, Fernanda Monteiro, comunicou que as escolas contarão com espaços específicos para criação de conteúdo audiovisual, a fim de que as professoras possam realizar o seu trabalho nas melhores condições possíveis. Também fazem parte do pacote de medias a distribuição de apostilas e o lançamento de um portal específico da cidade voltado para a Educação, o EDUCAGUARÁ.

A secretária relatou que houve uma reunião na quarta-feira (31), com a Secretaria de Saúde e com a chefia da Vigilância Sanitária para tratar do decreto estadual, onde o governador do Estado, Ratinho Júnior, anunciou que as aulas presenciais só serão retomadas depois que os professores forem vacinados. Fernanda Monteiro informou que, neste sentido, Guaratuba está acompanhando todas as diretrizes do Estado: “Quando houve o anúncio das aulas presenciais, nós trabalhamos arduamente pra que isso fosse uma realidade, para criar um protocolo de biossegurança que trouxesse uma adesão maciça dos servidores da área e uma adesão dos pais. Mas agora o país enfrenta uma fase extremamente difícil desta pandemia”, explicou a secretária.

A secretária reforçou que a suspensão das aulas não significa isentar-se de cumprir com o trabalho e o compromisso do servidor público. Continua existindo expediente de trabalho: “Aprimorar o ensino remoto para essa nova realidade. Vamos procurar dar o melhor suporte possível.”, afirmou. Para tanto, serão disponibilizados espaços, ferramentas e equipamentos para que as professoras e as equipes pedagógicas criem conteúdos específicos, e não dispensam as relações de vínculo existente entre as crianças e os espaços escolares: “Porque as professoras não têm as ferramentas adequadas para criar um vídeo, como microfones, iluminação, etc. Então haverá este espaço na escola, para que a professora possa estar na escola, gravar o seu conteúdo e voltar pra sua casa.”, relatou. Segundo a secretária, todas as medidas de biossegurança serão priorizadas para esta tarefa, como os escalonamentos das equipes.

“Precisamos desenvolver a cultura e o amor pela nossa cidade desde muito cedo nos nossos filhos, e a melhor forma é sem dúvida pela Educação”, afirma Fernanda Monteiro. Assim, como forma de presentear a cidade, a Secretaria anunciou que a partir da semana de aniversário de 250 anos de Guaratuba, será publicado o portal EDUCAGUARÁ com conteúdos voltados ao ensino remoto específicos para as crianças de nossa cidade.

Redação Litorânea FM

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do autor. A Rádio Litorânea tem o compromisso de levar a informação através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo