Saúde

Secretaria da OMS afirma: “varíola dos Macacos pode ser contida se agirmos agora”

Ouça a matéria

Na última sexta-feira, 28 de maio, através de um pronunciamento oficial, Sylvie Briand, Diretora responsável pela Preparação Global para Riscos Infecciosos da Organização Mundial da Saúde, afirmou que é prioridade conter a varíola dos macacos em países onde o contágio não é endêmico.

A doença é endêmica em Países Africanos e sua disseminação em países não endêmicos, como na Europa e nos Estados Unidos, causa enormes preocupações. Normalmente, a varíola dos macacos causa uma infecção viral leve; até agora existem mais de 200 casos, em 20 países, onde o vírus não circulava.

Durante uma reunião técnica com representantes dos Estados-membros, na assembléia anual da Agência de Saúde da Organização das Nações Unidas, a Diretora Sylvie afirmou: “acreditamos que, se adotarmos as medidas corretas agora, podemos contê-la facilmente”,

Sylvie Briand afirmou que existe uma “janela de oportunidade” para evitar uma maior disseminação da varíola dos macacos e pediu à população que não se preocupe, pois, o contágio é muito mais lento do que o de outros vírus, como o do novo coranavírus.

Segundo Rosamund Lewis, chefe do secretariado de varíola da OMS, é necessário a investigação de casos, bem como o rastreamento de contatos e o isolamento residencial são as melhores apostas para conter os danos deste novo vírus que começa a causar preocupações nas autoridades da OMS.

De acordo com autoridades da OMS, que fazem parte do Programa de Emerências, não há a necessidade de uma vacinação em massa no momento, mas a vacinação direcionada, quando disponível, para contatos próximos de pessoas infectadas é de extrema importância.

Fonte
Agência Brasil

Redação Litorânea FM

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do autor. A Rádio Litorânea tem o compromisso de levar a informação através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo