fbpx
Região

Policial é morto a facadas em Santa Catarina; filha da vítima e amiga são apreendidas e confessam o crime

Ouça a matéria

Na noite de sexta-feira (15), um policial civil de 46 anos foi encontrado morto em casa no bairro Agostini, em São Miguel do Oeste, no Oeste catarinense. Segundo a Polícia Militar, o corpo do agente tinha perfurações provocadas por golpes de faca. Duas adolescentes, entre elas a filha da vítima, foram apreendidas neste sábado (16) suspeitas do crime.

O agente foi encontrado morto pelos policiais militares caído em um dos cômodos da residência, por volta das 20h, com ferimentos na região do pescoço.

Após diligências, a equipe da Diretoria de Investigação Criminal (DIC) apurou que o ataque teria sido planejado. Segundo a Polícia Civil, a filha e a amiga confirmaram a autoria do crime à polícia, após apresentação das evidências levantadas na investigação.

As adolescentes foram encaminhadas para a Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso, e o caso foi remetido ao Poder Judiciário.

Diligências feitas pela equipe da Diretoria de Investigação Criminal da Polícia Civil — Foto: Polícia Civil/ Divulgação
Foto: Polícia Civil/ Divulgação

Luto

A Polícia Civil de Santa Catarina emitiu nota e lamentou a morte do agente. Ele trabalhava há 25 anos na corporação (veja nota completa abaixo). Atualmente, o policial era responsável pelo setor de alvarás da Delegacia Regional de Polícia de São Miguel do Oeste e pela Delegacia de Polícia do Município de Paraíso.

Ainda de acordo com a polícia, o velório e o sepultamento do agente irá ocorrer em São Miguel do Oeste.

Nota da Polícia Civil

É com profundo pesar que a Polícia Civil de Santa Catarina comunica o falecimento do Agente de Polícia Neife Luiz Werlang, 46 anos, nesta sexta-feira (15), em São Miguel do Oeste.

O Agente Neife Luiz Werlang ingressou na Polícia Civil em 04/06/1996. Iniciou a função na Comarca de Itapiranga, onde ficou por um ano. Atuou, em seguida, na Delegacia de Comarca de São Miguel do Oeste. Depois, na Delegacia de Polícia da Comarca de Xanxerê e na Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) de São Miguel do Oeste.

Atualmente, era responsável pelo setor de Alvarás da Delegacia Regional de Polícia de São Miguel do Oeste e responsável pela Delegacia de Polícia do Município de Paraíso. O policial civil foi morto brutalmente e o crime esclarecido. O velório e o sepultamento serão em São Miguel do Oeste.

Enlutada, a Polícia Civil presta os sentimentos aos familiares, amigos e colegas e o agradecimento pela dedicação e os trabalhos prestados à Instituição Policial.

Fonte
Anaísa Catucci e Catarina Duarte, G1 SC

Redação Litorânea FM

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do autor. A Rádio Litorânea tem o compromisso de levar a informação através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo