Segurança

Piloto paranaense morre em acidente aéreo no Rio de Janeiro

Para ouvir a matéria, clique no play abaixo:

O piloto Gelson Moraes da Silva, 34 anos, morreu após a queda de um helicóptero nesta quinta-feira (15), em Rio Claro, interior do estado do Rio de Janeiro. Natural de Mangueirinha, ele residia há 15 anos em Palmas (PR).

Gelson pilotava a aeronave e estava acompanhado de Lopes Ercílio Daniel, 38 anos, que também faleceu no acidente. Os corpos das vítimas foram encaminhados ao Instituto Médico Legal de Volta Redonda.

De acordo com a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), o helicóptero, modelo Robinson R44, fabricado em 2005, havia sido comprado há cerca de um mês e estava com seu Certificado de Verificação Aeronavegabilidade vencido desde 2018, não podendo ser utilizada para voos.

O repórter Fernando Pedrosa, que atua na imprensa da região Sul Fluminense, falou ao Departamento de Jornalismo da Rádio Club/RBJ, que a aeronave sobrevoava a localidade de um distrito de Rio Claro, quando ocorreu a queda. De acordo com o repórter, o tempo estava bastante nublado no momento do acidente.

O comunicador, relatou ainda que, quando os socorristas chegaram no local, um dos corpos estava preso às ferragens e outro havia sido ejetado da aeronave. Técnicos do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) atuam na apuração das causas do acidente, além de averiguar questões que ainda não têm respostas, como a origem e o destino do voo.

Fonte
RBJ

Redação Litorânea FM

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do autor. A Rádio Litorânea tem o compromisso de levar a informação através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar