JustiçaPolítica

Na prisão, Daniel Silveira tem cela individual, ceia, dentista e psicólogo

Ouça a matéria

Acomodado na ala dos oficiais na Unidade Prisional de Niterói, Daniel Silveira tem direito à cela individual, como prevê o Código Penal. Por ser deputado federal, ele tem prerrogativa de prisão especial e não pode ser transportado ou acomodado com outros presidiários. Algumas celas próximas à de Daniel tem lugar para duas pessoas.

Como a Unidade Prisional de Niterói é uma prisão militar, as alas são divididas por patentes. Silveira está acomodado na mesma ala em que foram colocados ao mesmo tempo os ex-governadores Luiz Fernando Pezão e Moreira Franco. 

Quatro refeições por dia

Café da manhã, almoço, jantar e ceia. Essa é a rotina alimentar de Daniel Silveira. Parte das refeições vem da Secretaria de Administração Penitenciária, e é transportada refrigerada até o local. Outra parte vem do próprio presídio, que tem cozinha própria. 

Banho de sol

Como os demais presos, Silveira poderá ter acesso ao pátio do presídio. Esse é o principal momento de convívio dos detentos. Por conta da pandemia do novo coronavírus, atividades que eram realizadas em grupo foram suspensas, pra evitar aglomerações. O vírus mudou ainda a dinâmica de visitação no presídio, deixando as regras mais restritas.

Por mais que Silveira tenha sido policial militar por pouco mais de cinco anos, ele não chegou a se aposentar pela carreira e é visto internamente no presídio como “político”.

A unidade dispõe de serviços de atendimento individual variados, como dentista, psicólogo, assistência social e médica e atendimento religioso. Os aparelhos de telefone celular, como de regra, são vetados para os presos.

Redação Litorânea FM

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do autor. A Rádio Litorânea tem o compromisso de levar a informação através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar