Segurança

Mulher morre após ser brutalmente agredida no Litoral

Ouça a matéria

Uma mulher, de 42 anos, violentamente agredida, morreu na emergência do Hospital Regional, no começo da tarde desta sexta-feira (2). A vítima foi encontrada por populares agonizando em um terreno baldio, no cruzamento da rua João Paoli Filho com a marginal da PR-407, rodovia das praias, no Jardim Paranaguá, em Paranaguá. As informações são da Folha do Litoral.

Reconhecida no local por moradores do bairro, Silvia Garcia de Souza, de 42 anos, estaria horas antes bebendo na casa de amigos. A mulher teria deixado o imóvel no começo da madrugada. De acordo com uma amiga da vítima, um celular, um carregador e certa quantia em dinheiro, que estariam com Silvia, não foram encontrados, indicando um possível latrocínio, o roubo seguido de morte. Ainda de acordo com populares, Silvia era usuária de entorpecentes.

Enquanto a vítima era atendida por socorristas do Samu, policiais militares que também foram acionados para a ocorrência, encontraram pedras sujas com sangue. Silvia estava com o rosto bastante machucado e com vários ferimentos pelo corpo. Em estado grave, ela foi encaminhada para a emergência do Hospital Regional, onde faleceu.

Policiais civis estiveram no local onde a vítima foi encontrada agonizando. Eles conversaram com amigos de Silvia e descobriram que a última atualização, de uma conversa no aplicativo WhatsApp, foi por volta das 6h30, logo em seguida, o aparelho foi desligado. Nenhuma informação com relação à autoria do brutal assassinato ou motivação foi apurada pelos policiais. As equipes seguem investigando o crime.

Fonte
Mauro Junior - Folha do Litoral

Redação Litorânea FM

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do autor. A Rádio Litorânea tem o compromisso de levar a informação através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo