Justiça

Ministério Público denuncia seis pessoas presas em flagrante durante sessão do “tribunal do crime” no Litoral paranaense

Ouça a matéria

O Ministério Público do Paraná, por meio da Promotoria de Justiça de Pontal do Paraná, no Litoral paranaense, ofereceu denúncia contra seis pessoas presas em flagrante no dia 26 de agosto durante sessão de um “tribunal do crime”. A prática é utilizada por facções criminosas para cobrar dívidas e punir dissidentes. Entre os crimes denunciados, estão: organização criminosa, sequestro e cárcere privado, tortura, tráfico de drogas, associação para o tráfico, porte de arma de uso restrito e receptação.

Conforme apurado, os denunciados mantiveram um homem em cárcere privado e o torturaram durante pelo menos 8 horas. Foram apreendidos drogas, balança de precisão, anotações de tráfico, cordas, facas, arma de fogo e veículo automotor furtado que estavam com o grupo.

A pedido do MPPR, os denunciados tiveram prisão preventiva decretada e deverão permanecer presos durante o processo. Em caso de condenação, as penas podem ultrapassar 40 anos de reclusão.

Redação Litorânea FM

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do autor. A Rádio Litorânea tem o compromisso de levar a informação através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo