Curitiba e RMCSegurança

Homem confessa que matou ex-prefeito de Campo Magro com facadas e uma corda 

Ouça a matéria

O homem que dirigia o veículo onde o ex-prefeito de Campo Magro, na Região Metropolitana de Curitiba, José Antônio Pase, foi encontrado morto na manhã desta quinta-feira (12), afirmou na delegacia que matou o político com duas facadas na região da barriga e uma corda no pescoço.

A informação foi confirmada pelo delegado Cassiano Aufiero, de Almirante Tamandaré. Segundo o suspeito, Diego de Jesus da Silva, houve uma desavença entre os dois. Ele afirmou que estava sob efeito de drogas.

Na manhã desta quinta, o ex-prefeito de 68 anos foi encontrado morto com marcas de agressão e uma corda amarrada no pescoço. Dirigindo o veículo da vítima, ele levou o ex-prefeito até uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

Foto: Tiago Silva/ RICtv

Ao fazer isso, o suspeito relatou que tinha encontrado o carro e a vítima machucada em uma estrada enquanto caminhava pelo local. Depois, segundo ele, para ajudar o ex-prefeito, dirigiu até a UPA na tentativa de salvá-lo.

O veiculo estava com marcas de batida e de sangue do lado de fora. O ex-prefeito estava morto no banco de trás do carro. A Polícia Militar (PM) encaminhou o homem até a delegacia ainda pela manhã para prestar mais esclarecimentos sobre a situação.

A identificação de José Pase foi confirmada pelo filho, Amarildo Pase. O corpo do ex-prefeito será encaminhado para o Instituto Médico-Legal (IML) para verificar a causa das lesões e da morte.

José Antônio Pase foi prefeito de Campo Magro entre 2009 até 2012. Em 2020, se candidatou novamente, pelo Podemos, mas não venceu as eleições.

Defesa do suspeito

Apesar de ter confessado o crime e contado detalhes informalmente, por orientação dos seus advogados, Diego manteve-se em silêncio no interrogatório formal na delegacia. Diante disto, a defesa de Diego emitiu uma nota oficial, assinada pelos advogados Caio Percival e Paulo Veiga.

Segue na íntegra:

“Com relação ao fatídico episódio que vitimou o ex-prefeito da cidade de Campo Magro/PR, Sr. José Pase, na data de hoje, a Defesa Técnica do suspeito, Diego de Jesus da Silva, vem a público esclarecer os seguintes pontos:

  1. O trágico episódio ocorrido neste dia, que acabou por ceifar a vida do ex-prefeito do município de Campo Magro, não é evento que comporte indiferença destes causídicos, motivo pelo qual prestamos as nossas condolências aos seus familiares, amigos, e todas as pessoas afetadas pelo drama.
  2. Destaca-se, ainda, que a atuação da defesa técnica não visa, por nenhum meio, turbar ou impedir o curso investigatório, visando, por outro lado, velar pelos direitos do acusado, além, é claro, de buscar esclarecer
    melhor os fatos.
  3. Quanto a versão do acusado sobre as circunstâncias que orbitam ao entorno do incidente, por orientação destes Procuradores, Diego manteve-se silente, neste primeiro momento, não podendo seu silêncio reverberar no curso das investigações em seu prejuízo, conforme garantia constitucional.”
Via
RicMais

Redação Litorânea FM

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do autor. A Rádio Litorânea tem o compromisso de levar a informação através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo