Curitiba e RMC

Fiscalização dispersa 1,2 mil pessoas em fim de semana de festas ilegais em Curitiba

Ouça a matéria

As equipes da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU), coordenada pela Polícia Militar do Paraná, fiscalizaram 25 pontos comerciais de Curitiba no fim de semana e 14 foram interditados por irregularidades gerais ou relacionadas às medidas sanitárias contra o coronavírus. A ação também dispersou 1.260 pessoas que estavam nos locais abordados. O balanço é referente às operações ocorridas entre sexta-feira (16) e domingo (18).

Nos três dias de ação, as equipes estiveram em dezenas de bairros da Capital, atendendo denúncias sobre pessoas e estabelecimentos comerciais que desrespeitavam o decretos do governo estadual e do município com medidas de combate à Covid-19.

Ao todo, foram lavradas 36 autuações administrativas. Houve abordagens a 47 pessoas e 44 veículos, além de emissão de 86 autos de infração de trânsito pelos policiais e agentes municipais.

“Abordamos vários estabelecimentos, muitos deles promovendo aglomerações, festas totalmente em desacordo com o decreto governamental de medidas sanitárias”, disse o coordenador da AIFU, capitão Ronaldo Carlos Goulart. “Uma parte dos comerciantes tem procurado se ajustar, mas outra parte insiste em agir sem acatar as determinações contra a disseminação do coronavírus e, por isso, fizemos encaminhamentos e houve lavratura de multas pelos agentes da prefeitura que nos acompanharam na operação”.

AGLOMERAÇÕES – Em vários pontos da cidade, a AIFU encontrou aglomerações de pessoas, muitas sem máscaras. Os flagrantes ocorreram, principalmente, nos bairros da região Sul, como Sítio Cercado e Novo Mundo. Em todos os casos os policiais militares orientaram, dispersaram os grupos e encaminharam os responsáveis para a lavratura de Termo Circunstanciado.

Entre as diversas ações, houve a interdição de um bar, na madrugada de sábado (17), no bairro Sítio Cercado, onde havia cerca de 75 pessoas. Os agentes municipais aplicaram duas multas com valor total de R$ 45 mil ao responsável pelo evento.

Em outro estabelecimento, no bairro Hauer, 65 pessoas foram encontradas sem máscara e utilizando narguilé. Uma multa de R$ 50 mil foi aplicada ao responsável. Ainda no sábado, os policiais militares foram até uma casa noturna no Batel, onde havia cerca de 170 pessoas aglomeradas. O estabelecimento recebeu multa de R$ 50 mil pelo desrespeito às medidas sanitárias.

Já no domingo, foi dispersada uma aglomeração de mais de 100 pessoas que estavam em um bar no bairro Novo Mundo. O responsável pelo ponto comercial foi encaminhado para lavratura de Termo Circunstanciado por infringir medida sanitária, perturbação do sossego e prática de jogos de azar – esta última contravenção foi constatada com a localização uma máquina caça-níquel no bar.

Redação Litorânea FM

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do autor. A Rádio Litorânea tem o compromisso de levar a informação através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo