fbpx
Esportes

Ex-jogador de Athletico e Coxa morre de infarto aos 23 anos de idade

Ouça a matéria

O jogador Riuler, de 23 anos, morreu na terça-feira (23), de um infarto, no Japão. Ele foi revelado nas categorias de base do Coritiba e passou pelo Athletico Paranaense e pelo Internacional. O meia defendia as cores do Shonan Bellmare, time da primeira divisão do Campeonato Japonês. 

Riuler chegou do São Paulo ao Coritiba aos 14 anos para a equipe Sub-15, onde ficou até 2015. Foi então contratado pelo rival Athletico.

Disputou competições importantes de base até se transferir para o Internacional, em 2018. Um ano depois foi parar no futebol japonês. Riuler passou por Miyazaki, FC Osaka e o Shonan Bellmare.

Na atual temporada, fez 11 jogos e deu uma assistência. Aos 23 anos, Riuler deixa um filho.

O Athletico publicou nota de pesar nessa terça-feira. “O Athletico Paranaense presta condolências a todos os amigos e familiares de Riuler Faustino, que faleceu nesta terça-feira (23). Riuler defendeu a camisa rubro-negra nas Categorias de Formação e atualmente defendia o Shonan Bellmare, do Japão. Ele tinha 23 anos e foi vítima de um infarto. Na Formação, Riuler também defendeu o Coritiba e o Internacional, antes de seguir para o Japão. No futebol japonês, também atuou por Miyazaki e FC Osaka. O Athletico Paranaense presta solidariedade e deseja forças a todos os amigos e familiares de Riuler neste momento de profunda tristeza”, divulgou o Furacão.

O Coritiba também lamentou a morte do jogador. “O Coritiba Foot Ball Club lamenta o falecimento de Riuler, atleta que passou pelas categorias de base do Coxa. Ele sofreu um infarto no Japão, onde atuava defendendo a camisa do Shonan Bellmare! Solidariedade a amigos e familiares”.

Redação Litorânea FM

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do autor. A Rádio Litorânea tem o compromisso de levar a informação através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo