LitoralMatinhos

Estudante da UFPR morre após ser atropelada em Matinhos; motorista fugiu

Ouça a matéria

A morte da estudante da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Pamela Vaz, 22 anos, após ser atropelada na noite de sexta-feira (30), na avenida JK, esquina com a rua Rio Negro, em Matinhos, no Litoral do Paraná, gerou grande comoção nas redes sociais e na comunidade universitária. Ela estava de bicicleta e o motorista fugiu do local sem prestar socorro. De acordo com câmeras de segurança, o veículo estava em alta velocidade. 

A estudante chegou a ser levada para o Hospital Regional em Paranaguá e passou por uma cirurgia, mas não resistiu e morreu na madrugada de sábado (31). Pelas imagens das câmeras de segurança, o veículo é um GM/CRUZE Hatch de cor preta. A Delegacia de Matinhos investiga o caso. 

A direção do setor Litoral da UFPR, onde Pamela cursava Licenciatura em Linguagem e Comunicação, emitiu nota de pesar pela morte da estudante reproduzindo um texto publicado pela turma LICOM 201. 

Veja o texto na íntegra:

“A primeira vez que nos falamos foi no marco zero das aulas, ali estávamos na fila para então realizarmos aquele exame de saúde e ver como estávamos para dar início ao nosso primeiro semestre pela turma LINCOM 2017. Você estava com uma bermuda jeans e um tênis branco todo desbotado pelo tempo de uso e aqueles caracóis nos seus cabelos que com certeza, como diria o rei Roberto Carlos, tinha história para contar de um mundo tão distante. Em quarenta minutos praticamente eu ouvi seus planos e suas histórias de vida que foi tão difícil, quando morava na sua cidade natal, qual éramos vizinhos e não sabíamos, mas tudo bem assim. Nós, toda turma LINCOM, estamos por meio dessa nota, prestando nossa homenagem pela história que nos deixou, pela vida que nos mostrou e pela saudade que nos deixará. Todos tivemos a honra de viver ao lado dessa doce menina Pam, como o Flávio Carioca a chamava, ficamos gratos de acompanhar seus momentos em sala quando muitas vezes foram inesquecíveis. Suas apresentações com sua inseparável amiga Tangriane que deu um brilho a mais na sua vida que tanto nos iluminou, seu jeito lindo de louvar a Deus em seus vídeos que tanto amava fazer, tivemos a graça de ver seus tombos e ainda mais especial foi ver o seu levantar. Logo nesse período veio o seu legado, não como aluna, que infelizmente não se formará, mas como que felizmente essa formação você foi brilhante e certamente o Pedrinho saberá disso. Foi com certeza uma das mais notáveis aluna que já conhecemos e temos certeza que todos da LINCOM nesse momento aplaudem de pé o seu lindo e apaixonante legado de vida, pela qual você era apaixonada, amada por todos e muita mais amada por seu grande amor o Fabiano, que te completou até aqui. Você, sim, foi a primeira dessa turma a se formar, suportou tudo e todos até onde pode suportar, noites e dias, ano a ano. Sua luta não foi em vão, porque essa formatura é para sempre, formada pela vida, que não foi fácil. Agora você se desligou e não apagou a luz que certamente vai brilhar como todas as estrelas que brilham no céu, esse que te recebe como alguém que nem todos os sonhos realizou, mas com certeza nos deixará aqui as lembranças de tê-la como nosso maior exemplo, nossa maior alegria e nosso exemplo de mulher e aluna. Agradecemos a todos que hoje certamente estarão gravando para sempre, você, em nossos corações. Vai em paz, Pamela Vaz”.

Redação Litorânea FM

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do autor. A Rádio Litorânea tem o compromisso de levar a informação através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo