Segurança

Corpo de jovem que se afogou na Praia Mansa é encontrado

Ouça a matéria

Aproximadamente às 8h15min desta segunda-feira (18), o Corpo de Bombeiros recebeu a informação, via 193, de que pescadores teriam avistado um corpo perto da Ilha do Rato, entre Guaratuba e Matinhos. O Bote Inflável de Salvamento foi até o local indicado e também o Falcão 03, aeronave do BPMOA, para verificação aérea.

A vítima masculina foi localizada pelo BPMOA entre a prainha e a Praia Mansa, em Caiobá-Matinhos, e o corpo foi retirado da água pela embarcação do Corpo de Bombeiros, sendo encaminhado à Base Náutica em Guaratuba, onde o IML e demais órgãos competentes foram acionados.

O reconhecimento oficial da vítima se dará na sequência, contudo, familiares que estiveram no local confirmaram se tratar do rapaz de 20 anos, que submergiu na manhã desse domingo (17), no trapiche da Praia Mansa, em Matinhos, faixa não-protegida por Guarda-Vidas.

Buscas

As buscas à vítima feminina, de 14 anos, que submergiu na tarde de sexta-feira (15), em faixa não protegida por Guarda-Vidas, na prainha ao sul do trapiche da Praia Mansa, em Matinhos, continuam.

Alerta

O Corpo de Bombeiros orienta: Os riscos do mar não estão somente nas ondas e nem sempre são visíveis. Correntes, buracos, mudanças abruptas de profundidade, valas e valões são riscos “escondidos”. Nade sempre em faixa protegida por Guarda-Vidas, delimitada por bandeiras ou windbanners vermelho e amarelo.

Baixe o aplicativo do Corpo de Bombeiros gratuitamente em seu celular e procure um Posto de Guarda-Vidas para um banho de mar mais seguro.
Acesse o canal do Corpo de Bombeiros no Youtube (https://www.youtube.com/channel/UCN5qfXlL51MY4cdGcoVrswA) e assista aos vídeos informativos sobre regiões específicas do nosso litoral.

Via
CBMPR

Redação Litorânea FM

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do autor. A Rádio Litorânea tem o compromisso de levar a informação através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar