fbpx
JustiçaPolítica

Caso Evandro: Governo do Paraná pede desculpas a Beatriz Abagge; reveja o vídeo com a entrevista concedida por Beatriz à Litorânea

Ouça a matéria

O Governo do Paraná formalizou um pedido de desculpas a Beatriz Abagge, que foi condenada pela morte do menino Evandro Ramos Caetano, em Guaratuba. O documento assinado pelo secretário estadual de Justiça, Trabalho e Família, com data de 4 de janeiro, mostra que, após identificar falhas no processo e na investigação, o secretário teve convicção pessoal de que Beatriz e “outros condenados no caso foram vítimas de torturas gravíssimas”.

Conforme matéria veiculada no g1 PR, na carta, porém, o secretário diz que não pode inocentar ou anular o julgamento de Abagge, mas uma cópia do documento com o pedido oficial de perdão será encaminhada ao Poder Judiciário. Em dezembro, a defesa de Beatriz Abagge e outros condenados protocolou um pedido de revisão criminal das condenações pela morte da criança.

O documento apresenta um parecer que, segundo a defesa, atesta a veracidade das gravações que apontam que houve tortura dos então suspeitos durante a investigação, na década de 1990, para que eles confessassem o crime.

Segundo a defesa, durante os julgamentos em que os três foram condenados, as gravações com as confissões foram apresentadas editadas. Os áudios originais mostram os acusados recebendo instruções para confessar os crimes, se tornaram públicos em 2020, durante o podcast Projeto Humanos, que contou a história do caso.

Reveja a entrevista que Beatriz Abagge concedeu à Litorânea:

Fonte
Fernando Castro, RPC Curitiba

Redação Litorânea FM

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do autor. A Rádio Litorânea tem o compromisso de levar a informação através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo