Geral

1º de outubro: Dia Internacional do Idoso

Para ouvir a matéria, clique no play abaixo:

Instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 1991, o Dia Internacional do Idoso, comemorado nesta quinta- feira (1º), é uma oportunidade para que as pessoas lembrem que a idade chega para todos. 

Segundo o IBGE, pelo Censo realizado em 2010, a população de idosos com idade acima de 65 anos, no município de Guaratuba, é de 11%. Para melhorar a qualidade de vida do pessoal da “melhor idade”, o Município, através da Secretaria do Bem Estar e Promoção Social e da Secretaria Executiva dos Conselhos que dá suporte ao CMDPI (Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa), realiza diversas ações para mobilizar, articular e integrar, sociedade e Poder Público, em defesa dos direitos desta importante parcela da população.

Foto de arquivo

O Centro de Convivência do Idoso em Guaratuba, acolhe pessoas a partir de 60 anos. Na entidade municipal estão cadastrados aproximadamente 350 representantes da “melhor idade”, moradores da cidade, que tem à disposição:

a) Ginástica

b) Aulas de artesanato e pintura em óleo sobre tela

c) Grupo psicossocial acompanhado por psicóloga uma vez por semana

d) Comemoração de datas especiais como: Dia das Mães, dos Pais, Natal, Páscoa e outras datas que, via de regra, são comemoradas com almoço festivo e baile.

Foto de arquivo: Festa Junina com apresentação do grupo de idosos do Centro de Convivência no Sesc Matinhos

e) Bailinho da terceira idade a cada 15 dias

f) Participação ativa na tradicional Festa do Divino, onde além de um stand para exposição dos trabalhos manuais, o grupo Centro de Convivência recebe caravanas de instituições similares de várias cidades do Paraná, quando, tradicionalmente, é oferecido aos visitantes um almoço especial, seguido de baile. Também nesse evento, acontece a escolha da Rainha da 3ª Idade.

Foto de arquivo: Rita na passarela da Festa do Divino, representando Centro de Convivência do idoso

Atualmente, com a chegada do período de isolamento social por causa da pandemia do coronavírus, as atividades e eventos estão suspensas. Porém, de acordo com a diretora da entidade, Denise de Freitas, o Centro de Convivência do Idoso continua com as portas abertas, para atender individualmente seus componentes com orientações e acompanhamento social, se necessário, de forma presencial.

Foto de arquivo

Ainda conforme a diretora do Centro, Denise de Freitas, desde o início da pandemia, há um grupo de Whatsapp, com 160 componentes. Através dessa ferramenta, há o acompanhamento do dia a dia dos integrantes para lembrá-los da necessidade dos cuidados básicos, neste período de pandemia, e de campanhas de vacinação, caso da imunização da gripe, por exemplo.

Foto de arquivo

Sempre que há alguma questão a ser resolvida, por parte dos componentes do Centro, em relação à Segurança, junto à Secretaria de Saúde ou demais órgãos que compõem o Bem Estar Social especialmente, há a intermediação quando necessária, por parte do Centro, para que os casos sejam solucionados com maior brevidade.

Foto de arquivo

“Atualmente, há várias atividades que são destinadas aos nossos componentes, para que não fiquem “parados”. E, faço questão de ressaltar, mais uma vez, que as portas do Centro estão abertas para quem tiver necessidade de um atendimento individualizado, desde que seja participante da entidade; para tanto, basta agendar um horário através do Whatsapp do grupo”, enfatizou a diretora Denise de Freitas.

Silvana Baitala Buhrer

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do autor. A Rádio Litorânea tem o compromisso de levar a informação através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar